Bem-vindo ao site da AMDEPOL/SINDEPO.

Mais de 10 mil servidores de MT podem responder processo administrativo por não entregar declaração de bens

Mais de 72 mil servidores do estado deveriam enviar a declaração de bens. Com isso, o governo estabeleceu um novo prazo para a entrega da documentação.

Mais de 10 mil servidores de Mato Grosso poderão responder a um processo administrativo por não entregarem a declaração de bens e valores. Devido ao grande número, o governo estabeleceu um novo prazo para a entrega da documentação.

O governo estimava receber 72.250, mas pouco mais de 10 mil servidores deixaram de enviar o documento e podem responder a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), segundo a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

O prazo para a entrega terminou no dia 30 de junho. Entretanto, o sistema foi reaberto nessa segunda-feira (11) para receber as novas declarações que ainda não foram entregues.

O site para a declaração de bens e valores ficará ativo até o dia 31 deste mês.

A entrega deve ser enviada exclusivamente por meio do sistema criado pelo governo do estado.

Segundo a Seplag, todos os servidores e empregados públicos do estado devem entregar a declaração anualmente.

A documentação poderá ser utilizada pelos órgãos de controle da administração pública para análise da evolução patrimonial do servidor, a fim de verificar a compatibilidade com os recursos e disponibilidades que compõem o seu patrimônio.

Categorias: Destaques,Notícias

Comentários estão fechados